Thursday, 24 January 2013

Mapeamento dos conflitos socioambientais de Mato Grosso



O educador Paulo Freire orientava-nos para identificar as forças que agem a favor (para quem educar) e também as forças que agem contrariamente (contra quem educar). Entre outras perguntas essenciais à trajetória da educação ambiental, mapear os conflitos socioambientais, identificando as táticas de lutas é uma das invenções do Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte (GPEA). É com enorme satisfação que anunciamos a publicação do livro:

Mapeamento dos conflitos socioambientais de Mato Grosso – escala de resistência e ritmos de esperanças.

No horizonte de lutas, não apenas a resiliência é importante, como também a resistência contra o projeto desenvolvimentista de exclusão social e crimes ambientais. O livro é uma sistematização da tese de Doutorado da Michelle Jaber, defendida na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e sob a orientação da Michèle Sato.

Para informações, contatar a Editora da UFMT:


JABER-SILVA, Michelle; SATO, Michèle. Mapeamento dos conflitos socioambientais de Mato Grosso – escala de resistência e ritmos de esperanças. Cuiabá: EdUFMT, 2012, 56p., il.

*
Post a Comment