Posts

Showing posts from November, 2014

A Executiva Nacional do PT e a ausência da consciência ecológica

Image
A Executiva Nacional do PT e a ausência da consciência ecológica O PT como partido majoritário que reelegeu para a Presidência Dilma Rousseff não pode se omitir diante do grave desafio ecológico 24/11/2014 Por Leonardo Boff No dia 3 de novembro do corrente ano a Executiva Nacional do PT estabeleceu algumas diretrizes tendo em vista o 5º Congresso do Partido dos Trabalhadores. Retomou com razão o ideario que vem desde os anos  1980:”para transformar o Brasil precisa-se combinar ação institucional, mobilização social e revolução cultural”. Acrescentou agora, num contexto mudado, “a reforma política e a democratização da mídia”. Lançou uma consigna clara:”O PT precisa estar à altura dos desafios deste novo período histórico”. É a partir desta consigna que pretendo trazer alguma contribuição, a meu ver, imprescindível para estar à altura dos desafios deste novo período histórico. Estimo que o “novo período histórico” não se restringe apenas ao Brasil. Significaria um estreitamento da anális…

Quem são os desmatadores?

Image
Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/11/18/quem-sao-os-desmatadores/  Edição 225 - Novembro de 2014
© LÉO RAMOS Amazônia rural: propriedades grandes desmatam mais do que as menores Na Amazônia Legal, as grandes propriedades são responsáveis por boa parte do desmatamento. É o que conclui um grupo internacional liderado por Javier Godar, do Instituto Ambiental de Estocolmo, na Suécia, que reuniu dados de censos agropecuários e de sensoriamento remoto para identificar onde o desmatamento aconteceu na Amazônia entre 2004 e 2011, quando os índices de derrubada da floresta diminuíram (PNAS, 28 de outubro). O estudo avaliou uma escala detalhada: os 13.303 setores censitários da região, que abrange 771 municípios. Os setores em que predominam propriedades maiores do que 500 hectares representaram a

3º Feira de Arte Quilombola da Escola Estadual Tereza Conceição Arruda 14 de novembro de 2014.

Image
3º Feira de Arte Quilombola da Escola Estadual Tereza Conceição Arruda 14 de novembro de 2014. Giseli Dalla Nora
                No dia 14 de novembro visitamos a Escola Estadual Tereza Conceição Arruda, localizada na Comunidade Quilombola de Mata Cavalo no município de Nossa Senhora do Livramento.                  A feira de Arte tem o proposito de mostrar a produção artística da escola bem como os talentos que a comunidade possui seja na dança, no canto ou no artesanato. Neste dia varias instituições estiveram presentes como a Universidade Federal de Mato Grosso através do Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte - GPEA, o SENAI, Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento, Vereadores, Organizações da Sociedade Civil e varias escolas da rede publica de ensino.                  Na abertura, uma mesa solene foi montada apresentando as instituições presentes bem como a fala da Diretora Gonçalina sobre a feira que falou sobre a feira e as atividades da escola, agradec…

Pantanal por inteiro, não pela metade

No dia do rio Paraguai entidades da sociedade civil, lançam estudo sobre as ameaças à integridade do Pantanal. #Pantanal

http://www.formad.org.br/wp-content/uploads/downloads/2014/11/rev_PORT_pantanal_fase_MT.pdf

Pantanal: um dos últimos refúgios da natureza segue ameaçado em silêncio

Na semana do Rio Paraguai e do Pantanal o Projeto Bichos do Pantanal faz um alerta sobre  as ameaças  contra a preservação desse ecossistema.rio Paraguai é a sustentação de todo um ecossistema, o Pantanal.  As chuvas que regem o seu pulso de cheias e o fazem transbordar também são responsáveis pela transformação drástica e única da paisagem pantaneira, inundada por águas durante quatro meses e depois reaberta pela vazão dos rios na forma de campos, tomados por animais e pássaros – um equilíbrio tão antigo quanto a formação da Cordilheira dos Andes. Alterar essa paisagem, moldada por milhões de anos, pode ser literalmente o fim do rio Paraguai e de todo o Pantanal. A reportagem foi publicada porProjeto Bichos do Pantanal, 13-11-2014. Como o Cerrado, o Pantanal vive um silencioso aumento de suas ameaças. Durante esta semana serão comemorados o dia doPantanal (12/11) e o dia do rio Paraguai (14/11), e os pesquisadores do Projeto Bichos do Pantanal fazem um alerta sobre os impactos qu…

Stedile encontra Papa Francisco: “Lutaremos juntos para parar os bancos e as transnacionais”

Image
Da redação da http://www.revistaforum.com.br/novembro 6, 2014 
Por Salvatore Cannavò*
Do jornal Il Fatto Quotidiano, via página do MST João Pedro Stedile olha a primeira página do jornal Il Fatto Quotidiano em que se vê Maurizio Landini enfrentando a polícia. “Um líder sindical sem gravata? Sério?” A piada sintetiza muito o perfil e a história desse dirigente, já de nível internacional, do movimento “campesino”. O Movimento dos Sem Terra (MST) é uma organização fundamental do Brasil, imortalizada pelas históricas imagens de Sebastião Salgado e com uma história de 30 anos feita de vitórias e de derrotas, mas sempre no primeiro plano da organização dos agricultores. Stedile é o seu dirigente mais importante. Ele nunca usou gravata e sempre concebeu o seu papel como porta-voz de uma realidade pobre, muito em busca da sua própria emancipação. Marxista ligado à história da teologia da libertação, ele foi um dos organizadores do Encontro Mundial de Movimentos Populares que ocorreu no Vaticano…

A produção e a subsistência na comunidade de São Pedro de Joselândia

Image
A produção e a subsistência na comunidade de São Pedro de Joselândia
Relatório de Campo São Pedro de Joselândia. 29/10 a 02/11/2014. Giseli Dalla Nora
Fonte: Nora, 2014.

O trabalho de campo realizado no período de 29/10 a 02/11/2014 teve como objetivo levantar dados para o projeto Identidades e emancipação das mulheres do campo: políticas, saberes e educação”, financiado peloConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI)  cujo objetivo geral é Compreender como são construídas as identidades das mulheres do campo e suas emancipações,  tanto políticas quanto econômicas,  vislumbradas nos processos  pedagógicos escolar e não escolar aliado aos princípios da educação ambiental, arte e na reconhecimento dos saberes.
Durante o dia 29/11 visitamos  o curso que de produção de cabaça com biscuí no salão paroquial da Igreja  de São Pedro de Joselândia com a ministrante – Dudu;  e em seguida realizamos uma entrevista com o senhor  Paulo Santana  e seu genro Gonçalo investi…

As mulheres do mundo da água no período de estiagem. O Pantanal na seca.

Image
Relatório de viagem São Pedro de Joselândia 29 de outubro a 02 de novembro de 2014 Rosana Manfrinate

Nossa viagem de campo para São Pedro de Joselândia, teve início no dia 29 de outubro, seguimos de caminhonete, pela estrada de terra esburacada, com pontes de madeira mal cuidadas e de travessia perigosa, mas que segundo os critérios locais “tava boa” pelo fato de não estar alagada, e permitir que nela possa se transitar com caminhonetes com tração, Van que vão deixando pedaços pelo caminho, tratores, caminhões, cavalos e boiadas, nunca carros pequenos. Figura 1-Estrada que leva a Joselândia/29out2014-foto RosanaManfrinate O Solavanco proporcionado pela estrada, a poeira, se misturaram a ansiedade do trabalho que nos esperava em campo. A pesquisa se delineava no pensamento ao mesmo tempo em que a estrada abria espaço para a nossa chegada na comunidade, assim na nossa ida física e material a Joselândia tinhamos escolhido um modo mais prático: a caminhonete, mas na ida ideológica e epistemo…