Posts

Showing posts from 2015

Extinção de animais pode agravar efeito das mudanças climáticas

Image
fapesp
http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/12/18/extincao-de-animais-pode-agravar-efeito-das-mudancas-climaticas/

Extinção de animais pode agravar efeito das mudanças climáticas Ausência de espécies frugívoras de grande porte pode interferir no processo de sequestro de CO2 da atmosfera RODRIGO DE OLIVEIRA ANDRADE | Edição Online 17:00 18 de dezembro de 2015

© GUILHERME JOFILI / FLICKR Animais frugívoros como as cutias cumprem funções importantes em relação às plantas, por comer os frutos e dispersar as sementes, favorecendo a regeneração natural das florestas A extinção de animais frugívoros, que se alimentam sobretudo de frutos, como antas, cutias e muriquis poderá comprometer a capacidade das florestas tropicais de absorver dióxido de carbono (CO2) da atmosfera. Isso porque a extinção desses animais capazes de dispersar sementes de frutos grandes mudaria a composição das florestas, afetando seu potencial para combater alterações climáticas. A relação foi observada por um grupo de …

Ciência e Progresso diante de Gaia

Image
op
http://outras-palavras.net/outrasmidias/?p=244478

Ciência e Progresso diante de Gaia – 17 DE DEZEMBRO DE 2015 Tweet 277Share Share Share

Metodologia de pesquisa: guia prático com ênfase em Educação Ambiental

federal de lavras
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10706


Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10706
Title: Metodologia de pesquisa: guia prático com ênfase em Educação AmbientalKeywords: Pesquisa qualitativa
Educação
Formação de professoresIssue Date: 12-Dec-2015Publisher: Universidade Federal de LavrasCitation: MARTINS, R. X. (Org.). Metodologia de pesquisa: guia prático com ênfase em educação ambiental. Lavras: UFLA, 2015.Description: A Educação Ambiental é uma área interdisciplinar com atuação simultânea em torno do ambiental e do educativo e que tem assumido grande relevância no Brasil. Existe abundância de temas para pesquisa e muitos problemas a serem investigados, mas para isso são necessários: muita criatividade, metodologia bem elaborada e rigor científico na construção/validação do novo conhecimento. Além disso, a pesquisa em Educação Ambiental deve cumprir a função social de enriquecer não só o que se sabe,…

Projeto fotográfico evidencia tragédia no Rio Doce

Image
http://divirta-se.uai.com.br/app/noticia/arte-e-livros/2015/12/07/noticia_arte_e_livros,174907/projeto-fotografico-evidencia-tragedia-no-rio-doce.shtml


Projeto fotográfico evidencia tragédia no Rio Doce Leonardo Merçon é o responsável pelo trabalho que virou o projeto fotográfico 'Lágrimas do Rio Doce', que em breve será disponibilizado também em formato de documentário
Diminuir FonteAumentar FonteImprimirCorrigir NotíciaEnviar

Estudo reitera escassez hídrica severa no Brasil

Image
fapesp
http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/12/07/estudo-reitera-escassez-hidrica-severa-no-brasil/


Estudo reitera escassez hídrica severa no Brasil Dados obtidos por satélites da Nasa sugerem que as regiões Sudeste e Nordeste perderam juntas cerca de 105 trilhões de litros d’água por ano entre 2012 e 2015 RODRIGO DE OLIVEIRA ANDRADE | Edição Online 17:53 7 de dezembro de 2015

© LÉO RAMOS Regiões Sudeste e Nordeste do país perderam, no total, 56 km³ e 49 km³ de água entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2015 As regiões Sudeste e Nordeste do Brasil perderam juntas cerca de 105 trilhões de litros d’água por ano entre 2012 e 2015. A estimativa é do hidrologista brasileiro Augusto Getirana, pesquisador assistente no Goddard Space Flight Center da agência espacial norte-americana (Nasa), em Maryland, nos Estados Unidos. Em um estudo publicado em outubro na revistaJournal of Hydrometeorology, ele analisou variações do armazenamento total de água no Brasil, das águas superficiais — como rio…

O bioregionalismo como alternativa ecológica

O bioregionalismo como alternativa ecológica

O modelo ainda dominante nas discussões ecológicas privilegia em escala o Estado e o mundo; em economia a exploração da natureza, o crescimento/desenvolvimento ilimitado em nível mundial e a competição; em política prevalece a centralização, a hierarquização, o controle e o governo da maioria; na cultura o quantitativo sobre o qualitativo, a uniformização dos costumes, o consumismo e o individualismo  e o pensamento tecnocrático. Este paradigma subjaz, em grande parte, à atual crise da Terra, pois considera esta como um todo uniforme sem valorizar a singularidade de seus muitos ecossistemas e a diversidade das culturas. Por isso, gera desequilíbrios no sistema da vida e na dinâmica natural da Terra viva. Era a crítica que Chico Mendes fazia ao abordar o desenvolvimento da Amazônia: o de querer uniformemente aplicar nela as mesmas tecnologias e métodos como nas demais regiões da Terra. Tal procedimento implicaria na devastação da Amazônia, com…