Posts

Showing posts from February, 2012

Áreas úmidas: mudanças no Código Florestal condenam ambiente e modos de vida à devastação

Image
© WWF-Brasil / A.Camboni/ R.Isotti-Homo Ambiens
7 28 Fevereiro 2012 A maioria das pessoas – mas não os cientistas – desconhece o efeito devastador da mudança proposta pelos ruralistas na medição da Área de Proteção Ambiental em torno de corpos d’água – rios, lagos etc. Além de tentar reduzir a faixa de proteção, os desmatadores querem que a medição desta faixa seja feita a partir do “leito regular” do corpo d’água.

Apenas esta manobra, entretanto, exporia à destruição milhares de quilômetros de florestas, ecossistemas importantíssimos e o meio de vida de milhares de brasileiros em área úmidas, segundo a maioria dos especialistas no assunto.  Para o WWF-Brasil, não é diferente. “Nossa preocupação é a mesma dos cientistas”, disse Maria Cecília, secretária-geral organização. 

Ela alerta para o fato de que a mudança expõe áreas nas quais populações inteiras aproveitam, durante a vazante, as áreas fertilizadas pelas cheias.

Ocorre que mais de 20% do território nacional podem ser classificados co…

Desbancadas pelas africanas, abelhas sem ferrão ressurgem

Image
o eco
http://www.oeco.com.br/noticias/25743-desbancadas-pelas-africanas-abelhas-sem-ferrao-ressurgem?utm_source=newsletter_326&utm_medium=email&utm_campaign=as-novidades-de-hoje-em-oeco


Desbancadas pelas africanas, abelhas sem ferrão ressurgem Nanda Melonio24 de Fevereiro de 2012 Abelha mirim, uma subfamília das abelhas sem ferrão -- meliponíneas -- produz mel considerado nobre e que pode custar 5 vezes mais caro do que o das primas, as africanizadas com ferrão. foto: Jardineiro.net (Raquel e Ives)
A criação de abelhas sem ferrão brasileiras, também chamadas de Meliponíneas, é uma atividade tradicional em quase todas as regiões do país, sendo praticada por pequenos e médios produtores. Espécies como mandaçaiauruçu e

Rajendra Pachauri: O homem do clima

Image
fonte - fapesp
http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=4608&bd=1&pg=1&lg=


ENTREVISTA Rajendra Pachauri: O homem do clima Presidente do IPCC fala de suas batalhas à frente da instituição Carlos Fioravanti Edição Impressa 192 - Fevereiro de 2012

© PAUL GROVER / REX FEATURES Ao longo de 10 anos, desde que foi eleito para a presidência do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), o indiano Rajendra Pachauri tem enfrentado batalhas difíceis. Em 2007 ele teve de encarar o ceticismo do mundo ao demonstrar, com sua equipe, que as alterações climáticas poderiam ser causadas pelas atividades humanas, mas em dezembro desse mesmo ano, em vista de seus avanços, ele dividiu o Prêmio Nobel da Paz com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore. O prêmio lhe deu fôlego para, na batalha seguinte, responder às críticas severas que chegaram do mundo todo quando as previsões dos cientistas do IPCC não se mostraram exatas.

Sua batalha mais recente é a da comunicação. Ele pretende fazer…

Novo Código Florestal expõe áreas úmidas como o Pantanal

Image
fonte - o eco
http://www.oeco.com.br/convidados-lista/25724-novo-codigo-florestal-expoe-areas-umidas-como-pantanal?utm_source=newsletter_320&utm_medium=email&utm_campaign=as-novidades-de-hoje-em-oeco


Novo Código Florestal expõe áreas úmidas como o Pantanal * Wolfgang J. Junk, Paulo Teixeira de Sousa Jr, Catia Nunes da Cunha, Maria Teresa Fernandez Piedade e Ennio Candotti O Pantanal Matogrossense próximo da fronteira com a Bolívia. (Foto: Google Maps)
A discussão sobre o novo código florestal já se arrasta por vários anos, esperando-se para breve o desfecho dos debates sobre o tema na Câmara dos Deputados. Entretanto, no bojo dessa discussão, os ecossistemas de áreas úmidas (AUs), de grande magnitude e relevância, não vêm recebendo o tratamento adequado. Estima-se que as áreas úmidas Brasileiras perfaçam aproximadamente 20% do território nacional. Apesar de sua extensão e importância, elas não são abordadas na Constituição Brasileira e não são definidas como ecossistemas específico…