Wednesday, 24 October 2012

WWF lança projeto de educação ambiental em Pirenópolis

((o)) eco
http://www.oeco.com.br/salada-verde/26584-wwf-lanca-projeto-de-educacao-ambiental-em-pirenopolis?utm_source=newsletter_537&utm_medium=email&utm_campaign=as-novidades-de-hoje-em-oeco


O Cerrado é o bioma brasileiro mais ameaçado. Acima, parte da vegetação do Cerrado sobrevive dentro de uma fazenda de gado em Mato Grosso do Sul. Foto: Danilo Prudêncio
Nesta quinta-feira, dia 25 de outubro, a WWF-Brasil, em parceria com a KPMG e com o Ecocentro IPEC, lançará na cidade de Pirenópolis o projeto Biodiversidade nas Costas. O município goiano de 23 mil habitantes foi escolhido para ser o piloto desse projeto de educação ambiental e 100 educadores da cidade serão capacitados para trabalhar com o tema conservação do Cerrado em sala de aula.
 
O nome do projeto se chama Biodiversidade nas Costas porque o kit ambiental vem dentro de uma mochila, produzida com tecido de pára-quedas. São livros, vídeo, CD e outros materiais voltados a educadores e alunos, do ensino infantil ao médio.
 
“O objetivo do kit é levar informações relevantes sobre a conservação da biodiversidade do Cerrado, tendo em vista que é o bioma brasileiro mais ameaçado, com altas taxas de desmatamento e baixíssima proteção em termos de área protegidas [...]. Nós apoiaremos esses educadores a desenvolver atividades voltadas à educação ambiental, que vão fortalecer a conscientização desses alunos e de seus familiares sobre a temática da conservação”, diz Julio César Sampaio, analista de conservação do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil.
 
Os professores do município tiveram 3 oficinas ao longo do ano, onde validaram o material produzido pela ONG. “Não é um material propositivo só da WWF, ele foi elaborado com a ajuda de educadores daquele município”, conta Julio Cesar.
 
O lançamento acontecerá no começo da noite de quinta-feira, no Teatro Municipal de Pirenópolis (GO), cidade histórica a 140 quilômetros de Brasília e a 130 quilômetros de Goiânia.
 
A expectativa é de que em 2014 novas cidades sejam contempladas com o projeto.  

Post a Comment