Friday, 17 January 2014

Mato Grosso e Pará, os campeões de desmatamento na Amazônia

o eco
http://www.oeco.org.br/oeco-data/27897-mato-grosso-e-para-os-campeoes-de-desmatamento-na-amazonia


Plataforma de jornalismo de dados do site ((o))eco. Por Daniel Santini

Mato Grosso e Pará, os campeões de desmatamento na Amazônia
Daniel Santini - 16/01/14

De 1988 a 2013, foram desmatados 402.614 km2 nos nove estados brasileiros localizados dentro da Amazônia. É o que apontam levantamentos feitos com base em imagens de satélite pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), dentro do Projeto Prodes de Monitoramento da Floresta Amazônica. Trata-se de uma área maior que a do estado de Goiás (340.086 km2). 
Desde o ano que o Brasil promulgou sua Constituição Federal, Pará e Mato Grosso são os estados que mais desmataram entre todos da Amazônia em termos absolutos. Ambos estão localizados no "Arco de Fogo do Desmatamento", conjunto de áreas em que a floresta vem sendo destruída para dar lugar a pecuária e latifúndios com lavouras de monocultivo, marcadas pelo alto uso de agrotóxicos.
Em termos gerais, considerando áreas da Amazônia Legal e outras áreas, em meio ao avanço das fronteiras agrícolas em direção à floresta nos últimos 25 anos, o Mato Grosso foi o campeão de desmatamento, conforme é possível visualizar no gráfico abaixo.


A quantidade de áreas desmatadas por ano no período variou conforme é possível observar no gráfico abaixo. Cabe destacar que os números são absolutos e que, se fossem relativos à área proporcional de cada estado, estados com menor área e altos índices, como Rondônia, estariam no topo da tabela. 


Mesmo considerando apenas as áreas da Amazônia Legal, recorte feito a partir de 2000 pelas equipes de monitoramento, Pará e Mato Grosso seguem em destaque.


Abaixo, a evolução ano a ano consideradas somente as áreas de Amazônia Legal.  

Por último, vale observar a variação de desmatamento nos nove estados da Amazônia ano a ano desde 1988.

Aqui os mapas do InfoAmazoniacom os dados de desmatamento do Mato Grosso e Pará



* Os dados de 2013 são estimativas.

Post a Comment