Saturday, 8 June 2013

raianne pouso - relat parcial





RELATÓRIO PARCIAL DE ATIVIDADES DE
PESQUISA
RAIANNE A. POUSO

 

Título do Projeto


 

Pantanal Millennium

 

Título do Subprojeto

 

 

A relação entre a comunidade pantaneira e o jacaré

 

Palavras-Chaves

 

Réptil, jacaré, habitat natural, ecossistema, símbolo do pantanal

 

Duração do Projeto

 

Início: 2013

 

Término: ...

 

Coordenadora

 

Michèle Sato

 

Instituição Executora

 

Universidade Federal de Mato Grosso/UFMT

 

Outras Instituições envolvidas no projeto

 

Escola Livre Porto Cuiabá/ELPC

 

Pesquisadores mirins

*


Nome do Pesquisador

Instituição

1- Raianne A. Pouso

ELPC

2- Luigi Teixeira

ELPC

3- Péricles Vandoni

ELPC

4- Evelyn Maiumy

ELPC

5- Régis F. Paiva

ELPC



1. Relatório de atividades
1.1 Introdução
O Pantanal é a uma das maiores planícies inundáveis do mundo e abriga uma grande concentração de vida silvestre. Situado no coração da América do Sul, tem cerca de 160.000 Km², dos quais quase 90% pertencem ao Brasil, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
É difícil adaptar-se ao ciclo anual de inundação e ao isolamento promovido pelas águas. Os habitantes da planície são conhecedores de plantas medicinais e das condições do clima. O vaqueiro pantaneiro guarda consigo conhecimentos de toda dinâmica do Pantanal. Novas modalidades de trabalho, como piloteiros e isqueiros, passaram a existir com a propagação do turismo de pesca e, em menor escala, o ecoturismo ou turismo contemplativo. 
O Pantanal sofre constantes ameaças. A maior parte delas está relacionada com o desmatamento do Cerrado. Os principais rios do Pantanal nascem nos planaltos e nas chapadas desse domínio vizinho, que devido as práticas agrícolas sofrem impactos ambientais.
No Pantanal, existem pelo menos 3.500 espécies de plantas, 463 de aves, 124 de mamíferos, 177 de répteis, 41 de anfíbios e 325 espécies de peixes de água doce.
Os animais do bioma Pantanal fazem parte tanto das lendas do povo indígena, como das narrativas orais dos primeiros colonizadores. O símbolo mais visível da região é o jacaré-do-pantanal.
Este réptil alimenta-se de peixes e outros vertebrados aquáticos, e também de invertebrados como caramujos e insetos. Pode atingir até 3 metros. Nidifica (põe ovos) construindo um ninho com folhas e fragmentos de plantas, nas bordas de capões de cerradão e mata, ou sobre tapetes de vegetação flutuantes. Desovam de 20 a 30 ovos em uma câmara no interior do ninho. O período de nidificação coincide com as enchentes (janeiro a março).
Os jacarés são ecologicamente importantes porque fazem o controle biológico de outras espécies animais ao se alimentarem daqueles indivíduos mais fracos, velhos e doentes, que não conseguem escapar de seu ataque. Também controlam a população de insetos e dos gastrópodos (caramujos) transmissores de doenças como a esquistossomose (barriga-d'água). Suas fezes servem de alimento a peixes e a outros seres vivos aquáticos.

1.2 Objetivos
- conhecer a vida da comunidade pantaneira do distrito São Pedro de Joselândia no Município de Barão de Melgaço/MT
- estudar o habitat natural dos animais do pantanal, principalmente o jacaré
- conhecer e entender o ecossistema do pantanal mato-grossense durante o período da cheia
1.3 Metodologia
            A pesquisa foi realizada no distrito São Pedro de Joselândia no Município de Barão de Melgaço no Estado de Mato Grosso nos dias 05, 06 e 07 do mês de Abril de 2013, no período da cheia.
            O trajeto Cuiabá-Pantanal foi realizado por meio de transporte rodoviário e hidroviário. Durante o percurso da viagem foi observado o habitat natural do dos animais, principalmente do jacaré.  No caminho feito pela água observamos, analisamos e entendemos a vida no Pantanal Mato-grossense pelo conhecimento empírico do barqueiro pantaneiro.
            No distrito de São Pedro de Joselândia nos reunimos com a escola local, buscando levantar os problemas, necessidades e anseios da comunidade. Há uma preocupação com a falta de estímulos dos estudantes em frequentar a escola, com a falta de materiais didáticos, entre outras.
            Foram realizadas entrevistas com a população infantil, jovens e adultos do distrito. Os temas das entrevistas foram sobre animais, animais de estimação e a vida do pantaneiro. Na investigação o principal animal foi o jacaré. As perguntas realizadas durante as entrevistas:
Geral
1) que bicho você mais gosta do pantanal?
2) tem algum bicho que você não gosta?
3) é importante preservar os animais?
4) cite um animal que: você tenha medo
5) cite um animal que: você queira ser igual
6) cite um animal que: você admire
7) você tem animal de estimação?

Espécie: jacaré (Caimam crocodilus yacare)
1) você tem medo de jacaré?
2) o jacaré protege o pantanal?
3) o jacaré ajuda os animais?
4) qual é a sua reação ao ver um jacaré?
5) você acha o jacaré bonito?
6) em que época do ano ele mais aparece?
            No levantamento de campo ainda foram estudados os principais rios do Pantanal e visitado o borboletário da região.

1.4 Resultados obtidos
Comunidade escolar
- A comunidade escolar apresenta um grande número de estudantes sem estímulos para dar continuidade aos seus estudos
- Dificuldade em adquirir os materiais didáticos para uso dos professores e estudantes
- Dificuldade no transporte dos alunos para a escola
- Desperdício de alimentos durante as datas festivas

A vida no Pantanal (entrevista)
- o jacaré é importante, pois diminui as piranhas
- o jacaré protege a comunidade
- as pessoas tem medo do jacaré
- o jacaré é bonito
- o jacaré aparece na seca


1.5 Bibliografia
http://www.conservation.org.br/onde/pantanal/ Acesso em: 03 de junho de 2013.

http://www.planetapantanal.com/o_pantanal.php?id=81. Acesso em: 03 de junho de 2013.

Cuiabá, 03/06/2013




Raianne Albernaz Pouso
Pesquisadora

Escola Livre Porto Cuiabá, 9º ano
Post a Comment