Friday, 28 March 2014

Relato de Pesquisa - Ecotécnicas em Joselândia

2o Relatório de Campo em São Pedro de Joselândia
26 a 27 de março de 2014
Júlio Corrêa de Resende Dias Duarte



A 2o viagem à São Pedro de Joselândia, distrito de Barão do Melgaço, na região do Pantanal Mato-grossensse, foi realizada por três pesquisadores do Grupo GPEA/UFMT, nos dias 26 e 27 de março de 2014. O principal objetivo do grupo foi dar prosseguimento ao projeto Áreas Úmidas do INAU e Escolas Sustentáveis, em parceria com a WWF. Do ponto de vista individual, os principais objetivos foram:

A) Coordenar projeto de ecotécnicas na Escola Estadual Maria Peixoto de Moura;

B) Realizar entrevistas com residentes e pesquisadores sobre a percepção ambiental do pantanal e suas relações com diferentes formas de mobilidade;

Os dois objetivos foram alcançados de foram satisfatória. A reunião do Projeto iniciou às 13 horas do dia 26 de março, na Escola Estadual, tendo como participantes de cerca de 20 professores, incluindo o atual Diretor. Eu iniciei os trabalhos relatando o cronograma de trabalho daquela tarde. Também discorri sobre os próximos passos do Projeto, que está planejado para ocorrer em um prazo de 4 meses, nas quatros etapas a seguir;

1a Visita (fev/14) Orientar sobre a importância das Ecotécnicas, mostrar diversas possibilidades de intervenção, organizar quatro grupos de trabalho e iniciar o planejamento de cada grupo;

2a Visita (mar/14) Apresentar o planejamento finalizado por parte dos grupos; Auxiliar na finalização deste planejamento; Avaliar as propostas de trabalho, o cronograma e principalmente os Orçamentos;

3a Visita (abr/14) Entrega dos materiais necessários; Planejamento da Execução; Planejamento da Confraternização;

4a Visita (maio/14) Execução das Ecotécnicas; Avaliação dos trabalhos e Produção de um Relatório;

Em seguida, os grupos apresentaram suas propostas que foram amadurecidas por todos os presentes, sob a minha orientação, da Regina Silva e da Michelle Jaber. As propostas finais foram:

  • Cortina Verde, visando proporcionar maior conforto térmico às salas de aula;
  • Ecofiltro,  para um melhor tratamento da água;
  • Garagem com Telhado de Grama, para estacionar o ônibus escolar e também servir como uma Sala de Aula ao ar livre;
  • Sala Cultural, construída a partir da técnicas tradicionais locais de paredes de barro, telhado de palha trançada, entre outras.

Por último, os orçamentos foram avaliados. A combinação feita foi de que todos os materiais que devem ser comprados em Cuiabá são de responsabilidade dos integrantes do GPEA e aqueles que podem vir da própria região serão providenciados pelos professores da Escola. O prazo final para o envio da lista de materiais e orçamento finalizado ficou estabelecido no dia 02 de abril. Depois desta data, os materiais serão comprados e enviados à Escola. A próxima visita ficou agendada para os dias 23 e 24 de abril.

Com relação ao segundo objetivo individual estabelecido, a viagem também foi bem sucedida. Foi a segunda imersão no local de campo a ser estudado. Foram realizadas 3 entrevistas durante o final de semana, além de inúmeras observações anotadas no caderno de campo. A primeira entrevista foi realizada com o dono da Pousada em São Pedro, que também foi o piloteiro do barco no trajeto do Porto Cercado à São Pedro. As outras duas foram feitas com as duas pesquisadoras do GPEA Regina Silva e Michelle Jaber.
Post a Comment